Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

E de repente, já nos 30...



Domingo, 26.09.10

Parece um daqueles sonhos esquisitos...

Quando até a estrutura mais sólida, mais longa, mais saudável, com mais raízes e com mais frutos e planos cai, desmorona-se de uma forma completamente inesperada, com uma rapidez surpreendente e estilhaçando tudo a sua volta, ficamos com muito pouca confiança nesse tipo de estrutura. Quando a confiança já era pouca, 'ta mau!

 

E é, especialmente, duro quando uma das pessoas que está dentro dessa estrutura  não tem o mínimo aviso da sua destruição... Quando toda uma vida é construída tendo em conta essa estrutura e depois ela desaparece. O sofrimento deve ser avassalador.

 

Não acredito que a estrutura do casamento seja a adequada aos humanos ou que persistirá durante muitos mais séculos, pelo menos não como o conhecemos. Mas custa-me o sofrimento de quem gosto tanto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Sayuri às 22:42


1 comentário

De antiego a 08.10.2010 às 10:52

Sabe há quantos milénios foi inventado o casamento (e ainda persiste)? E sabe que um dos pontos comuns de quase todas as civilizações e culturas do mundo, por mais distantes que estivessem foi a invenção do casamento?

O Casamento parece-me ser a coisa mais natural do mundo entre os humanos e essencial a sobrevivência da espécie.

Se o casamento fosse abolido, era o caos.
Se 50& dos casamentos dão em divórcio? Sim, e desses que sofrem e se divorciam, quantos não casam ou quererão casar outra vez?

Há felicidade sem casamento, nos adultos? Há. Mas quem quer acabar sózinho?

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2010

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930