Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

E de repente, já nos 30...



Quinta-feira, 25.03.10

Eterna insatisfação


 

Muitas vezes acho que algumas pessoas reclamam de barriga cheia. Pessoas com condições monetárias prévias (familiares ou relacionais) muito melhores que as minhas, empregos mais bem pagos e/ou com horários e condições muito melhores, pessoas com familias menos problemáticas, com relações mais felizes, pessoas que passam férias em sitios diferentes, que têm uma vida social mais divertida, enfim, uma catrefada de coisas que deveriam tornar essas pessoas mais felizes que eu... mas não tornam, não que eu seja excepcionalmente feliz, sou entusiasmada e intensa, feliz é outro nível, mas também não conheço muita gente feliz*.

 

 

Mas pensando melhor no assunto, algumas pessoas também não perceberiam o porquê de eu não ser feliz - pessoas com doenças graves, que perderam alguém, que vivem numa barraca no Bhangladesh, que estão desempregadas...

 

 

Nós só apreciamos o que temos se o perdermos, é como ter uma dor muito forte e outra incomodativa mas suportável, tudo o que queremos é que a dor aguda passe e quando finalmente passa ficamos contentissímos durante um tempo mesmo continuando a sentir a dor de pouca intensidade, depois esquecemos como era ter a dor aguda e voltamos a ficar infelizes porque temos a dor mais fraca.

 


 

* só o meu amigo L.,  coisa mais linda e feliz!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Sayuri às 20:39


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Março 2010

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031