Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

E de repente, já nos 30...



Segunda-feira, 05.10.09

O mundo vai acabar!!!

Normalmente, reservo dois dias por ano para dar uma volta às minhas coisitas (roupas, calçado, acessórios, cremes, papéis, etc). Hoje foi um desses dias do ano, quer dizer, foi uma dessas tardes do ano que eu não me levanto cedo para fazer estas coisas.

Sempre que termino estas «limpezas» chego a duas conclusões: « Onde é que estava com a cabeça quando comprei estas botas/cinto/calças?!!!» e «O fim do mundo está próximo!!!»

 

Não, não andei a ouvir documentários sobre profecias estranhas ou sobre o aquecimento global  enquanto limpava. 

 

A questão é que eu até não sou uma pessoa que compre como terapia, não porque não queira mas porque não posso, mas mesmo assim, no fim das limpezas, tinha dois montes na minha sala, um com coisas para dar (que se tornarão lixo um dia) e outro de lixo (papéis, embalagens quase vazias, maquilhagem no fim...).

 

E é assim que chego à conclusão do fim do mundo. Nós fazemos uma quantidade de lixo INCRÍVEL, esse lixo não desaparece por magia, muito dele não é reciclável e muito do que é, não o é! Esta situação é recente, só no último século é que produzimos lixo em quantidade fenomenal. Mas como é normal para todos nós ter papel à vontade, embalar e enlatar tudo e mais alguma coisa, usar imensas coisas descartáveis, usar sacos para tudo, não pensamos nas consequências e além disso tudo isto facilitou muito a nossa vida.

 

Eu não sou a favor do retrocesso mas acho que para este planeta sobreviver é preciso que o mundo se concentre em encontrar soluções (cientificas e politicas), para vivermos cada vez melhor mas sem prejudicar o planeta, acredito totalmente que é possível. Não acho que os humanos produzam armas incríveis, tecnologias fantásticas, cheguem à lua, descodifiquem o genoma e depois não sejam capazes de arranjar um substituto biodegradável ao plástico!! Não há é verdadeira vontade e dedicação!

 

É curioso, este é provavelmente o problema mais grave que a humanidade enfrenta, um problema de vida ou morte, mas é ainda tratado como um problema de menor importância (tenho a certeza que se o Obama tivesse um caso isso seria muito mais grave, mas muuuuito mais).

 

Mas tenho esperança na próxima geração, porque apesar de termos ficado pela quase inacção até agora, pelo menos introduzimos estes temas nas escolas - os putos devem ficar é muito confundidos, lá estão os adultos a dizerem para eles fazerem uma coisa mas a fazerem o oposto! 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Sayuri às 19:55




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Outubro 2009

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031