Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

E de repente, já nos 30...



Sexta-feira, 21.10.11

Sempre que apanho este filme...

... quando estou a fazer zapping fico totalmente hipnotizada, simplesmente não consigo mudar de canal. Eu quero, mas não consigo.

 

Há um tempo apanhei outro filme sobre o mesmo tema e ainda me enfureceu mais.

 

São filmes e terão ambos o seu quê de fantasiado, romanceado e alterado da história real que contam, até porque há sempre dois lados para a mesma história.

 

Mas uma coisa é real, a ONU e o mundo abandonou, totalmente, aqueles povos (que no fundo são só um, separados pelos belgas durante a colonização). Abandonou à morte um milhão de pessoas da forma mais cobarde, mais nojenta e mais vergonhosa possível. É como se a própria ONU tivesse pegado numa catana e assassinado pessoas.

 

Para dizer a verdade o outro filme, que não sei o nome, e que retrata o momento em que a ONU abandona uma campo de refugiados com mais de duas mil pessoas, que acreditaram neles, à morte certa, ainda me enfurece mais.

 

Lembro-me perfeitamente de ter uns treze anos e ouvir na televisão que os mortos nas margens de um grande rio que atravessa o Ruanda eram tantos que os crocodilos já não os comiam. Se eu me lembro disto não me digam que o mundo e os países com participação na ONU não sabiam o que se passava. 

 

 
Hotel Ruanda

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Sayuri às 23:38


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Outubro 2011

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031