Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

E de repente, já nos 30...



Quarta-feira, 28.09.11

Se há coisinha...

... que já aprendi é a dizer as coisas uma única vez, na minha vida pessoal.

 

E, no máximo, uma segunda só para o caso do interlocutor ser muito burro.

 

Aprendi que quando reclamamos de algo, com ou sem razão, se a pessoa quiser mudar de comportamento muda. Se não quiser, só gastamos latim e ainda nos tornamos pessoas chatas e irritantes.

 

Se a dita situação ou comportamento que nos incomoda é muito grave ou algo que realmente não suportamos é melhor seguir logo em frente, porque esperar que a pessoa mude se o massacre for exaustivo suficiente não resulta, na maior parte dos casos, e quando resulta, muitas vezes, é de forma provisória e, mais tarde ou mais cedo, a pessoa volta ao mesmo.

 

Se tivermos mesmo que conviver com a pessoa e arcar com o incómodo que ela nos causa (ou mesmo com o malíficio que ela nos trás) também não vale a pena extenuar-nos a tentar fazer a pessoa ver a nossa verdade, nem focar-mo-nos na injustiça do mundo, mais vale aceitar a situação até chegar o momento em que a podemos mudar ( e a ideia aqui não é cruzar os braços, é mesmo estar com a antenas no ar à espera da oportunidade e ir fazendo por ela).

 

Mas uma coisa garanto, falar, falar, falar, falar e falar para mudar alguém é uma hipótese num milhão. É tão remota que concluí que não vale a pena.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Sayuri às 20:21


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2011

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930